menu-icon
close-overlay-icon
loading image
decor image

Nós usamos preservativos

Os preservativos são muito populares e de fácil acesso. São muito importantes para a prevenção de doenças de transmissão sexual, mas o preservativo apenas oferece uma contraceção eficaz quando usado corretamente. Podem ocorrer alguns acidentes. Este artigo descreve os mais frequentes e nestes casos é sempre recomendado o uso de uma contraceção de emergência.

Nós usamos preservativos

Muitas pessoas preferem usar preservativo nas relações sexuais, mas cometem erros que não valorizam, mas que são importantes. A eficácia dos métodos contracetivos são medidos pela formula de Raymond Pearl, que nos dá uma indicação de quantas mulheres férteis num grupo de 100, que utilizaram um determinado método contracetivo, engravidam no período de um ano. O índice de Pearl para o preservativo é de 15, o que significa que 15 mulheres em 100 que o usaram regularmente durante um ano engravidam, o que é muito importante. Quando usado corretamente, o índice de Pearl é de 2. Não devemos esquecer que o preservativo pode estar rasgado ou rasgar, escorregar ou sair do sítio na relação e nestes casos a contraceção de emergência pode evitar uma gravidez não desejada ou um aborto. Vamos ver os erros mais frequentes.

  • Se não utilizar um novo preservativo antes de cada relação.
  • Se não o guardar devidamente pode danificar-se
  • Se usar preservativos fora de prazo validade
  • Se abrir a embalagem com os dentes ou com um objeto cortante, pode danificar o preservativo.
  • Há lubrificantes que podem danificar o preservativo
  • Se o preservativo for colocado demasiado tarde
  • Se for retirado demasiado cedo
  • Se o preservativo não contém todo o esperma
  • Se o preservativo for desenrolado incorretamente
  • Se não tem o tamanho correto
  • Se não se verificou que estava tudo bem

Se detetou que alguns dos acidentes anteriormente descritos ocorreram,ou se o preservativo estava danificado ou saiu do sítio durante a relação sexual e quiser evitar uma gravidez não desejada, deverá pensar em contraceção de emergência.

A vantagem do uso de preservativo é que este protege-a de doenças sexualmente transmissíveis como é o caso da SIDA, no entanto não a protege a 100% contra o vírus do HPV (Vírus do Papiloma Humano). A desvantagem do uso de preservativo é que este pode provocar reações alérgicas ou rush cutâneo, causados pelo material ou pelo lubrificante. Nem todos os homens gostam de usar preservativos, alguns acham-nos desconfortáveis e muitos pensam que lhes pode tirar sensibilidade e logo prazer ou mesmo que no momento de excitação em que têm de o colocar, pode criar tensão e por isso retirar o prazer. Apenas algumas pessoas sabem que também existem preservativos femininos que fazem lembrar os preservativos masculinos mais antigos mas têm de ser colocados na vagina. No entanto o preservativo feminino é mais difícil de usar e oferece menos eficácia, pois o seu índice de Pearl é de 21.

Por favor não se esqueça que os preservativos só lhe oferecem uma eficácia apropriada no caso de serem bem utilizados, no caso de algo de anormal ocorrer, deverá usar outro preservativo. No caso do preservativo se rasgar ou outro problema ocorrer, deverá dirigir-se à farmácia mais próxima o mais cedo possível e solicitar uma pílula do dia seguinte, para evitar uma gravidez não desejada.

Se teve algum acidente com o preservativo, clique aqui »